Sexta-feira, 8 de Abril de 2011

POÇO DO CAMPINO ANOS 80

 

Hoje temos mais uma bela foto para partilhar com todos vocês. Trata-se de uma foto tirada pelos princípios/meados dos anos 80 (talvez o autor se possa prenunciar sobre a actual data) e que retrata detalhadamente a vida da aldeia.

 

Para além de ser uma jóia de foto, daquelas que nos trás um certo momento nostálgico daqueles tempos passados que sabemos no fundo não voltam, dá-nos também uma ideia das dificuldades sentidas de viver no meio rural versus a cidade.

 

A foto foi tirada junto ao poço do campino, e nele podemos imediatamente ver o método típico de lavar a roupa. Com um sabonete na mão e a bacia (que já eram de plástico) cheia de roupa, as senhoras não tinham outras hipóteses que não lavar a roupa nas águas dos poços da aldeia, fosse ele um dia quente ou frio.

 

Para além das quatro bacias junto ao poço podemos também observar o método de secar a roupa, bastando para isso estender a mesma numa pequena área relvada. Hoje em dia as maquinas de lavar e secar fazem isso deixando um perfume na roupa. Outros tempos.

 

Um outro detalhe não menos importante, pode ser visto ao lado da pia do campino, junto ao poste eléctrico. Um pipo está a ser "oleado" e preparado para receber o vinho. Era norma geral de quando as vindimas tinham o seu início os agricultores lavarem os seus pipos para receberem a nova colheita. Por vezes as madeiras dos pipos retraiam devido à sua não utilização, sendo assim era necessário recorrer à água para fazer a madeira dos pipos "impertigar" ou se preferirem uma maneira geral expandir para que as fissuras entre a madeira pudessem fechar e não deixar passar o vinho para o exterior. Um dia iremos por certo abordar aqui este tema mais em detalhe ficando desde já a promessa.

 

Não poderia também deixar de falar um pouco à cerca da "vezeira" de cabras que pode ser vista a caminho das pias da água. De certo que já foram pastar pelas colinas e outeiros da aldeia e sedentas de água pararam para se refrescar e voltar as suas cortes. Mais uma vez diria que hoje em dia, já é praticamente uma miragem ver este tipo de actividade pela aldeia embora ainda não desaparecesse por completo.

 

Ficamos então hoje por aqui recordando mais uma vez aqueles tempos "doirados" sem recorrer à magia das modernices. Um bom fim-de semana para todos.

Publicado Por Aldeia de Castelões às 03:24

Link Do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
1 comentário:
De afonso cunha a 8 de Abril de 2011 às 09:40
Esta foto foi tirada de uma das janelas da casa dos meus pais e pela Renault 4L que aparece na foto, posso garantir que foi tirada em 87/88.

Uma singularidade das aldeias rurais Transmontanas que se pode ver também nesta foto é a "Bosta".

Pela ausência de gado, esse sinal dos tempos desapareceu das ruas de Castelões, agora substituído pelo óleo das máquinas.

Comentar Post

●Mais Sobre Mim

●Pesquisar Neste Blog

 

●Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

●Número de Visitas

free html visitor counters
hit counter

●O Tempo em Castelões

Weather Forecast | Weather Maps

●Contactos


bogas.raul@hotmail.com
marrocos.7@hotmail.com
afcunha55@hotmail.com
jmg70@cox.net

●Links Favoritos

●Castelões no Youtube

Viva Castelões
Marcha de Castelões
Aldeia de Castelões
Pão Comunitário
Chegada da Procissão 2008

●Fotos no Flickr

www.flickr.com

●Arquivos

RSS