Sábado, 24 de Novembro de 2007

FORNO COZE 25 ANOS DEPOIS (CAPITULO III)



Como prometido continuamos neste fim de semana com o terceiro capitulo da nossa bela novela do forno. Se bem estão lembrados os matoes estao feitos a pá esta pronta e o forno esta quase, quase no ponto ideal para podermos cozer o belo pão centeio do qual a massa esta a levedar na eira do forno. 


Pois bem, a massa esta pronta para ser tendida e com isso é necessário carrega lá para o forno para ultimar os preparativos para finalmente poder-mos por os pães e larentas no forno a cozer. Em cima podemos ver a Tina a carregar no "jigo" a massa após levedada para o forno, uma tradição que quando éramos putos adorávamos, pois sabíamos que as larentas não demorariam a ser feitas e cozidas.





Querendo ajudar à festa o Rui quis por ele próprio levar o segundo Jigo de massa para o forno. Esta era uma actividade que normalmente era efectuada na maioria das vezes pelas mulheres.




Mais uma vez estamos a ver a Tina quase ao dobrar da esquina do forno com a sua massa pronta e com um pequeno acompanhante do lado direito no seu estilo imponente com o seu "rabinho" bem lá no alto.




Chegados ao forno a Maria Catarina entrou em acção ajudando a Tina na arte de fazer pães. Com a sua tradicional saquinha de farinha, que as senhoras traziam consigo para tender e para que a massa não fique agarrada nas mãos na altura de fazer os pães. De notar entre as senhoras o braseiro que o forno ainda apresentava a esta altura.




Chegou a altura de tender a massa e fazer as "bolas" do pão. Nesta foto podemos observar mais uma vez as senhoras a tirar a massa dos jigos e gentilmente deposita lá no tendal. Neste ponto com podem observar a massa não passa mais do que uma grande bola da qual os pães e larentas serão divididos. Do lado direito podemos ver um dos jigos que ainda não tinha sido depositado no tendal.




Mais uma bela foto da Maria Catarina a procurar estender o lençol da melhor maneira, para que os pães possam ser moldados.




Mãos à obra, não à tempo a perder o forno esta quente e os pães têm de ser feitos. Num abrir e fechar de olhos os pães e larentas foram feitos como quem nunca esqueceu de um ritual que foi obrigatoriamente uma necessidade em tempos que já lá vão. Hoje porem o dia é de festa e as saudades foram muitas dos tempos em que o nosso forno não parava de cozer dia e noite.




Uma bela foto do pão já preparado e prontinho para entrar dentro do forno. Só falta agora o "Mestre Forneiro" varrer o forno para que a "fornada" possa mais uma vez deliciar o povo saudoso de um pão centeio que trás muitas saudades.




Minutos antes de depositar os pães no forno, podemos ver a Tina a "picar" as larentas com a finalidade de as mesmas não criarem bolhas de ar dentro e com isso deformar as mesmas. Esta operação era feita normalmente com uma pequena "palheta".


Vamos com estas imagens terminar o episodio de hoje. Como sabem para a semana que vem temos mais imagens do belo trabalho que a nossa aldeia produziu com carinho em especial para todos aqueles que como eu, não podem estar presentes.


Desejo a todos a continuação de um óptimo fim de semana e como já é habitual cá estaremos para levar a todos mais uns posts da nossa pequena mas bela aldeia de Castelões .

Publicado Por Aldeia de Castelões às 01:36

Link Do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
2 comentários:
De Luís da Granjinha a 24 de Novembro de 2007 às 19:15
Não há dúvida!
Com uma reportagem destas, bem seriada em três (3) capítulos, e tão eloquentemente construída com palavras e imagens a combinarem-se na maravilha, ninguém escapa a ficar ougadinho pelo que de bom há por aí, por CASTELÕES!

Depois, comove-nos e compraz-nos esse exemplo de solidariedade que faz dessa nobre ALDEIA um exemplo de comunidade.

Mal os dias comecem a crescer, estamos certos de que os caminhos para CASTELÕES vão encher-se de ougadinhos, de curiosos, de turistas e de Amigos de Castelões.

Os CASTELAMUNENSES estão mesmo de PARABÉNS pela bonita figura que estão a fazer, e particularmente através deste Blogue!

E os que aqui, ao Blogue, fazem visita falem do seu «crescer água na boca», do seu contentamento por serem de CASTELÕES, e da vaidadezinha que este Blogue lhes está a dar.

Castelões, os seus residentes, os que trabalharam para a «Festa do Forno» e, com certeza, os autores do Blogue contentes e gratificados ficarão com as assinaturas dos visitantes.

Cá por nós, estamos à espreita de uma oportunidade para ir à «Capela do (sr.) Alfredo» “beber um copo” - e com muita companhia! - à saúde e em honra de Todos os Castelamunenses!

Saudações Amigas

Luís da Granjinha

De Jose Goncalves a 27 de Novembro de 2007 às 01:57
Obrigado mais uma vez Sr. Luis,

Espero que a visita ha capela seja muito do seu agrado, so eh pena eu nao poder beber uma "Pomadazinha" com a sua companhia.

Cumprimentos

Comentar Post

●Mais Sobre Mim

●Pesquisar Neste Blog

 

●Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

●Número de Visitas

free html visitor counters
hit counter

●O Tempo em Castelões

Weather Forecast | Weather Maps

●Contactos


bogas.raul@hotmail.com
marrocos.7@hotmail.com
afcunha55@hotmail.com
jmg70@cox.net

●Links Favoritos

●Castelões no Youtube

Viva Castelões
Marcha de Castelões
Aldeia de Castelões
Pão Comunitário
Chegada da Procissão 2008

●Fotos no Flickr

www.flickr.com

●Arquivos

RSS