Domingo, 2 de Dezembro de 2007

O FORNO COZE 25 ANOS DEPOIS (CAPITULO IV)




Continuamos com a nossa blogonovela do forno e o quarto capitulo vai conceteza ser um dos mais interessantes já que o pão esta prontinho e o forno esta quente, faltam ultimar alguns preparativos para finalmente a "fornada" ser cozida.


Na foto em cima podemos testemunhar isso mesmo com o forno a ser preparado com a ajuda da Maria Catarina a retirar os lareiros que serviram para "rascalhar" o chão do forno.





Lá fora o Júlio e o Adolfo levam um dos dois matões para dentro do forno para finalmente se varrer a superfície na qual o pão será depositado. Este processo é normalmente feito para evitar as fagulhas da lenha e a cinza do forno não penetrem para dentro do pão o que não seria muito agradável para satisfazer o paladar dos participantes.





Mãos à obra, o "mestre forneiro " com o matao vai varrendo o chão do forno retirando assim todas as cinzas depositando as mesmas à "boca" do forno.






Normalmente dois matões são utilizados para a operação de varrer o forno o primeiro varre as fagulhas mais grandes deixando uma pequena quantidade de cinza que normalmente o segundo matao não tem problemas em varrer.





Nesta foto podemos ver a utilização do segundo matao e o cuidado que se deve de ter em não varrer todas as fagulhas para o chão.

 




Forno varrido, é agora a hora de trazer para o interior do forno a pá para se depositarem os pães e as larentas no forno. Nesta foto podemos ver o Adolfo a carregar a pá para dentro do forno enquanto o Armindo vai tirando o matao para o exterior do mesmo.





Aqui esta o momento em que 25 anos depois o pão voltou a entrar dentro do forno comunitário, com a preciosa ajuda da Tina este foi um momento solene que tenho a certeza muitos dos participantes esperavam com muita ansiedade e muita saudade há mistura.





Como uma maquina bem oleada o pão vai entrando dentro do forno um a um num sistema tantas vezes repetido num passado não tão longínquo. De notar nesta foto a Maria Catarina bem lá atrás no tendal a arranjar os pães de maneira que a Tina não tenha dificuldades em os trazer para a pá.





Nesta foto podemos ver um ritual muito antigo e praticado por todas a famílias . A Linda esta a "espetar" uma palha no pão para que mais tarde quando este sair do forno ela o possa reconhecer. Como geralmente uma fornada englobava muitas famílias era essencial que cada uma tivesse o seu "sinal" para no fim reconhecer os seus pães quando estes saíssem do forno. Hoje porem, não passa de um momento nostálgico para matar as saudades.





Eis uma bela foto da fornada que finalmente estará dentro do forno pelas próximas duas a três horas ate que o pão esteja bem cozido. De notar as larentas bem à frente do pão. Estas eram normalmente feitas das sobras da massa e como são relativamente pequenas quando as comparamos aos pães são postas no forno em ultimo lugar. O seu tempo dentro do forno é bem mais curto e compreensivelmente serão as primeiras a sair para fazer as delicias de todos os participantes.





Despedimo-nos hoje com esta bela foto do pão que vai ficar a cozer ate ao próximo capitulo. Desejo a todos a continuação de um bom fim de semana e como sempre para a semana cá estaremos em mais um lugar, com mais uma historia da nossa aldeia de Castelões .

Publicado Por Aldeia de Castelões às 02:20

Link Do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
2 comentários:
De Afonso Cunha a 2 de Dezembro de 2007 às 18:21
Bem que o esperamo, amigo Luís.
Tinhamos a esperança de o encontrar por lá, naquele Sábado que acabou por se transformar num dia de festa.
Outras ocasiões virão em que terá a oportunidade de nos dar o prazer da sua presença.
Até lá.
De Luís da Granjinha a 2 de Dezembro de 2007 às 15:49

Vocês são uns «bandidos», uns «terroristas» psicológicos, e Glutónicos!!!

Enchem-nos de remorsos por não termos ido (como foi possível esse impossível?!) a essa celebração!

Enchem-nos de inveja por não termos «terrrrrrrrincado», ao menos, uma larenta!

Enchem-nos de ougaço por não nos termos regalado
com o pão .... e a "missa" toda!

E enchem-nos de raiva por não termos desfrutado desse consolo de alma que é estar entre gente de Bem, de Amigos!

Têm de «««nos a pagar»»«!!!!!!!!!!!

Até breve!

Luís da Granginha

Comentar Post

●Mais Sobre Mim

●Pesquisar Neste Blog

 

●Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

●Número de Visitas

free html visitor counters
hit counter

●O Tempo em Castelões

Weather Forecast | Weather Maps

●Contactos


bogas.raul@hotmail.com
marrocos.7@hotmail.com
afcunha55@hotmail.com
jmg70@cox.net

●Links Favoritos

●Castelões no Youtube

Viva Castelões
Marcha de Castelões
Aldeia de Castelões
Pão Comunitário
Chegada da Procissão 2008

●Fotos no Flickr

www.flickr.com

●Arquivos

RSS