Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

OUTEIRO DOS MOUROS




Já mais de uma vez aqui referimos no nosso blogue o facto de cada colina ou outeiro ser baptizado com um nome para mais facilmente o reconhecer. Hoje vamos falar de um outeiro que deveria ter um pouco mais de destaque que normalmente outro outeiro poderia ter.


Referimo-nos ao Outeiro dos Mouros e começamos com a sua apresentação. O Outeiro dos Mouros fica situado a Sul da Nossa Senhora das Necessidades ou se preferirem a Oeste de Castelões. Tem precisamente as coordenadas de 41° 37' N e 7° 33' W e uma altitude aproximada de 740m isto para quem gosta da geografia.


Afinal o que à de tão especial no outeiro. Bom, como o seu nome indica presume-se que no alto deste outeiro deveria ter existido uma aldeia ou "castro" Mouro. A confirmação do mesmo deve-se ao facto de por entre os vários arbustos que crescem no local poder ser visível não um mais sim dois anéis a volta do outeiro que são passíveis de ver nesta foto. Para quem teve a oportunidade de escalar ate ao cume do mesmo não ficou defraudado já que as "muralhas" se é que lhes podemos chamar assim são visíveis por entre os arbustos assim como varias construções de casas.


Foram imensos os artefactos que já foram retirados em barro em escavações feitas por indivíduos "não arqueólogos" que se deslocaram ao local, bastando para isso irem munidos de uma pequena enxada.
Gostaria imenso que este outeiro tivesse o tratamento e respeito que merece pois ninguém sabe quais os tesouros que podem estar escondidos por detrás de cada pedra por detrás de cada pá cheia de terra.


Fala-se muito no castro de Curalha no concelho de Chaves, mas em Castelões à não um mais dois castros que deveriam ser escavados. O outeiro dos Mouros e também o outeiro do Facho que traremos aqui numa outra oportunidade. Espero sinceramente que se destaque uma equipa de arqueólogos para o local a fim de desenterrar mais uma pérola da nossa aldeia e como disse anteriormente descobrir os tesouros que poderão estar ali enterrados.


Agora com o uso da internet é mais fácil aceder à informação e espero com isto atrair no mínimo algum pólo Universitário que esteja interessado em descobrir mais um pouco da historia de Portugal, que naturalmente passa também por Castelões com os seus castros.

Publicado Por Aldeia de Castelões às 01:08

Link Do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
2 comentários:
De Luís da Granginha a 20 de Dezembro de 2007 às 13:39
Já é mais que tempo de os (nossos) Governantes, sejam eles de que nível administrativo, cultural ou idiota forem, mostrarem um mínimo de respeito e consideração pelo Património Histórico e Cultural de TODA a Nação!

Que se fartem de «elefantes brancos», «Mamarrachos», IPês e AÉs mal desenhadas e pessimamente construídas; mas - porra! - que se lembrem de que a maior parte das edificações Medievais, Românicas e Romanas, e erguidas pelos Povos da Idade do Ferro e do Bronze são dignas e merecedoras de, pelo menos, do igual respeito que estes Governantes proclamam para as suas pantomineiras aberrações!

Depois, um pouco de História Universal e Nacional não ficaria nada mal como Programa Curricular em qualquer Ano Escolar.

Assim, desde pequeninos aprenderíamos a conhecer, a respeitar e a cuidar dos vestígios de nossos antepassados.

E, estamos certo, com um pequena, mas MAIS DO QUE ACERTADA E J U S T A Parcela Orçamental, os Arqueólogos, Engenheiros, Antropólogos e demais interessados, com grande contentamento ficariam com as oportunidades de aplicar produtivamente os seus conhecimentos.
E toda essa riqueza imensa deste Nosso País maltratado nos renderia proveitos e satisfações.

Visitámos, ainda no fim de semana último, uma CASTRO, aí próximo.
Ficámos triste e revoltado.
A localização, as construções circulares e rectangulares, o Fosso, as Muralhas LÁ estão, este como outros, resistentes aos tempos e à estúpida indiferença de Presidentes de Tudo e Mais alguma Coisa, de Vereadores, Assessores, Conselheiros, Técnicos e outros que tais pseudo – políticos e palermóides administradores da causa pública.

Ainda por cima, Toda a Nossa Região é abundante - e RIQUÍSSIMA - em Património Histórico e Cultural!!!

Mas não lhes C H E I R A a maçaroca!!!!!!!!!!!

Luís da Granginha

Ps.: Gostaríamos e agradecíamos que outros visitantes aqui escrevessem, e nos ensinassem, acerca de «Castros», «Antas», «Castelos», «Menires», etc. e características e significado dos vestígios encontrados.

Em pouco tempo veríamos como Todas as NOSSAS ALDEIAS são bem Mais Importantes do que se pensa!

Parabéns pela Página («Post»)!

Luís da Granginha
De Aldeia de Castelões a 20 de Dezembro de 2007 às 16:03
Olá Sr. Luis

Eu compreendo perfeitamente o seu comentário e concordo plenamente consigo. De facto a região é riquíssima em vestígios e castros que infelizmente não lhes são dado o devido respeito e dignidade que merecem. Estes castros são um link directo à nossa historia e deveriam ser tratados como tal.

Mas o mais importante é mesmo o TGV.

Jose Goncalves

Comentar Post

●Mais Sobre Mim

●Pesquisar Neste Blog

 

●Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

●Número de Visitas

free html visitor counters
hit counter

●O Tempo em Castelões

Weather Forecast | Weather Maps

●Contactos


bogas.raul@hotmail.com
marrocos.7@hotmail.com
afcunha55@hotmail.com
jmg70@cox.net

●Links Favoritos

●Castelões no Youtube

Viva Castelões
Marcha de Castelões
Aldeia de Castelões
Pão Comunitário
Chegada da Procissão 2008

●Fotos no Flickr

www.flickr.com

●Arquivos

RSS