Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

PEDREIRA DA LOUSADA




Vamos hoje de encontro à industria que a aldeia suporta e falar um pouco dos trabalhos que por aqui vão dando alguma coisa que fazer. Como é sabido o sector primário é por excelência o trabalho predominante da aldeia. Porem algumas pequenas míni -industrias foram-se montando na aldeia para a servir em varias áreas como são os granitos, a mobiliária, a construção e o ferro.


Prometemos no futuro trazer aos poucos o que a aldeia oferece para alem da agricultura e hoje decidimos que era a altura ideal para dar um salto ate à Lousada. Terra bravia e muito fria a Lousada que é composta por vários outeiros bastante próximos uns dos outros tem o condão de oferecer um raro e espectacular granito.


Este granito que é somente extraído no local e posteriormente carregado para a fabrica que o trabalha de modo a servir o consumidor tem características únicas especialmente em termos de cor. Como podemos observar na foto a pedreira esta situada na encosta do outeiro da Lousada e o granito é bem visível um pouco por toda a parte.




Com algum granito exposto não é difícil compreender que na parte inferior é por excelência aonde se situa a melhor pedra, dai a necessidade de escavar para se chegar aquele granito de melhor qualidade e que maioritariamente é exportado para Espanha.


Na foto podemos ver alguns dos trabalhos criados pela pedreira e em acção alguns dos trabalhadores a meias com um compressor para partir os blocos em bruto como pode ser visto em primeiro plano e do qual são carregados mais tarde para a fabrica para lhes darem os mais variados fins. A retroescavadora como é obvio também ajuda nas operações de limpeza de solo e claro esta a carregar os mesmos para os camiões que se encarregam da sua recolha.




Nesta foto podemos ver mais ferramentas do oficio que ajudam a desterrar o belo granito de Castelões como são um compressor manual e mecânico uma retroescavadora mais em cima a retirar o solo à volta do granito e mais em cima ainda podemos observar um D5 em acção provavelmente a remover a vegetação que cobre o granito e a construir uma pequena estrada para a posterior retirada do mesmo.


Podemos também ver entre o compressor e a retroescavadora os vários blocos já extraídos e prontos a ser transportados. Como dissemos anteriormente este é um dos poucos trabalhos oferecidos na aldeia o que não deixa de ser uma importante fonte de rendimento para algumas famílias que assim vêem as suas vidas um pouco melhoradas.


Como tinha dito no primeiro paragrafo com o tempo vamos trazer ao blogue as restantes actividades da aldeia que embora não empreguem muitas pessoas já que maioritariamente são "industria de família " contudo não deixa de ser relevante uma pequena aldeia como a nossa ter a diversidade e a quantidade de míni industrias para servir não só a aldeia como outros mercados. Da próxima vez que se sentar numa mesa de granito para um bom repasto, quem sabe a mesma não originou na Lousada de Castelões .

Publicado Por Aldeia de Castelões às 01:52

Link Do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos

●Mais Sobre Mim

●Pesquisar Neste Blog

 

●Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

●Número de Visitas

free html visitor counters
hit counter

●O Tempo em Castelões

Weather Forecast | Weather Maps

●Contactos


bogas.raul@hotmail.com
marrocos.7@hotmail.com
afcunha55@hotmail.com
jmg70@cox.net

●Links Favoritos

●Castelões no Youtube

Viva Castelões
Marcha de Castelões
Aldeia de Castelões
Pão Comunitário
Chegada da Procissão 2008

●Fotos no Flickr

www.flickr.com

●Arquivos

RSS