Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

CRUZ ILUMINADA

 

Bem lá do seu alto outeiro brilha pelas noites uma cruz de cor azul. Logo ali por cima do nosso lindo Santuário e com vistas de bradar aos céus esta situado um pequeno farol que é um sinal inequívoco de fé que nos acompanha no dia a dia.

 

A caminhada é curta embora sempre a subir. O caminho embora seja em terra batida esta sempre limpo de "mato" e outros possíveis obstáculos e o curto passeio leva-nos a este local sublime e único. Na foto o Adolfo mais conhecido de cantador foi o guia que nos levou ao local.

 

A uma curta distancia podemos ver a parte poente da aldeia, assim como os campos desde Blortiga a Pedrete passando ainda pelas Olgas. Em primeiro plano podemos ainda ver o arvoredo que compõe o cada vez mais lindo santuário.
 
 

Só é pena o asfalto ainda não ter chegado a este local, mas sabemos que a junta de freguesia está a encetar esforços para que este sonho venha a ser uma realidade a curto prazo. 

 

 

A cruz mais parece uma estrela a raiar bem acima da aldeia com a Galiza como pano de fundo e um sol que neste dia timidamente saltitava por entre as nuvens. 

  

 

Inquirindo o Adolfo, disse-nos que este local é um dos seus predilectos em toda a aldeia. "Este sítio faz-me sentir como um pássaro a voar" confessou. O silêncio ensurdecedor sentido no local quebrado unicamente pelo chilrear dos passarinhos, aliado a uma vista única traz um pouco de paz ao espírito de uma vida árdua e de muitos sacrifícios. 

 

Pois bem Adolfo, espero que possas continuar a visitar o local sempre e quando puderes e que o mesmo te inspire não só a ti mas a todos aqueles que têm a oportunidade de ir de encontro ao mesmo. Fica a dedicatória do post de hoje para o cantador um grande amigo.

Publicado Por Aldeia de Castelões às 02:22

Link Do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
2 comentários:
De Luís da Granginha a 7 de Novembro de 2008 às 19:39
Mais uma Beleza de CASTELÕES.
Aliás, Duas: - A CRUZ, com a sua envolvente e a infindável e deslumbrante paisagem que dali se desfruta; e o “CANTADOR”, o sr. ADOLFO, um bom compincha - e que nós já metemos no cesto dos Amigos.
Para quem não saiba, na Festa da Srª. da Aparecida, ADOLFO foi um espectáculo dentro daquele espectáculo.
«Gente Fina» afoitou-o para cantar. Foi lá no cimo do arraial.
No que se meteram!
Adolfo dava troco como quem semeia nabal!
A «gente fina» DESISTIU. E aplaudiu vivamente «O CANTADOR DE CASTELÕES»!
E a nós, lá na Festa, entre uns goles de cerveja, também nos coube uma “desafiada cantatória” do «CANTADOR»!

Agora mordam-se de inveja!


Saudações!

Luís Fernandes
De J. Pereira a 7 de Novembro de 2008 às 10:02
Lindo.

Comentar Post

●Mais Sobre Mim

●Pesquisar Neste Blog

 

●Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

●Número de Visitas

free html visitor counters
hit counter

●O Tempo em Castelões

Weather Forecast | Weather Maps

●Contactos


bogas.raul@hotmail.com
marrocos.7@hotmail.com
afcunha55@hotmail.com
jmg70@cox.net

●Links Favoritos

●Castelões no Youtube

Viva Castelões
Marcha de Castelões
Aldeia de Castelões
Pão Comunitário
Chegada da Procissão 2008

●Fotos no Flickr

www.flickr.com

●Arquivos

RSS